O partido Republicano oficializou a candidatura da chapa Donald Trump-Mike Pence nesta segunda-feira (24), em Charlotte, na Carolina do Norte. O atual presidente dos... Republicanos confirmam candidatura de Trump à reeleição: ele prometeu até pouso em Marte

O partido Republicano oficializou a candidatura da chapa Donald Trump-Mike Pence nesta segunda-feira (24), em Charlotte, na Carolina do Norte.

O atual presidente dos Estados Unidos e o vice vão disputar a reeleição no dia 3 de novembro.

A convenção republicana que, em tempos pré-pandemia, reunia milhares de correligionários, conta este ano com cerca de 300 pessoas. Todas são obrigadas a usar máscara.

Trump aproveitou a atenção da mídia para discursar hoje (24). A fala dele estava prevista apenas para amanhã.

Obviamente, sobraram críticas aos rivais democratas. Ele reclamou deles não terem citado Deus durante a convenção da semana passada.

Voltou a suspeitar dos Correios, no que chamou de “colheita eleitoral”, a prática de enviar cédulas para as residências dos eleitores. Além do voto não ser obrigatório, eles podem votar pelos Correios: “Essa é a maior trapaça na história da política, não falo só do nosso país”.

Trump desdenhou da proposta democrata de investir em energias limpas, o que pode custar votos em grandes estados: “Os meus rivais não ganhar em estados como o Texas, sem planos para o petróleo, para armas e sem falar sobre Deus”.

Para agradar um poderoso lobby, ele prometeu defender a segunda emenda da Constituição, que garante acesso a armas aos cidadãos comuns. Até alertou que os democratas “querem retirar as suas armas”.

O presidente disse que vai reforçar o Exército, “que havia sido sucateado, vai criar 10 milhões de empregos” e advertiu que eles (democratas) “querem aumentar os impostos, eles vão quadruplicar os impostos”.

Trump também prometeu dar “créditos para empresas que trouxerem empregos da China e impor taxas aos países que tiram vantagem dos EUA. Há países que nos impõem alíquotas e não retaliamos”.

Sem marcar data, ele previu um pouso em Marte.

Um dos oradores da convenção será o senador republicano (e negro) Tim Scott. É uma tentativa de buscar o difícil voto do eleitorado negro, abalado nesta segunda-feira (24), com mais um caso de violência policial.

Jacob Blake foi baleado várias vezes nas costas por um policial, quando já estava rendido.

Três filhos pequenos, que estavam no carro da família, presenciaram a cena ocorrida na cidade de Kenosha, no estado de Wisconsin.

Blake está internado em estado grave. Ele estava apartando uma briga na vizinhança, quando foi vítima da truculência policial

As imagens da violência se tornaram públicas e geraram uma onda de protestos nos EUA.

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado.