A senadora da Califórnia, Kamala Harris, de 55 anos, foi anunciada nesta terça-feira (11) como companheira da chapa democrata encabeçada por Joe Biden, que... Senadora negra é escolhida para ser a companheira de chapa do democrata Biden

A senadora da Califórnia, Kamala Harris, de 55 anos, foi anunciada nesta terça-feira (11) como companheira da chapa democrata encabeçada por Joe Biden, que vai disputar a presidência dos Estados Unidos contra o atual ocupante do cargo, o republicano Donald Trump, no próximo dia 3 de novembro.

Se os democratas vencerem a eleição, Harris será a primeira mulher eleita a ocupar a vice-presidência dos EUA.

Nas redes sociais, Biden, que foi vice de Barack Obama, confirmou a promessa de ter uma mulher (e negra) na chapa: “Eu tenho a grande honra que escolhi Kamala Harris – uma lutadora destemida pelos pequenos e uma das melhores servidoras públicas do país – como minha parceira de chapa”.

Ela trabalhou como procuradora da Justiça ao lado do filho do ex-vice, Beau Biden, que morreu em 2015: “Eu era orgulhoso deles, e agora sinto orgulho de tê-la como minha parceira nesta campanha”.

Em resposta, pelas redes sociais, Kamala agradeceu Biden pela indicação e disse que ele “pode unificar o povo americano e como presidente, ele vai construir um país que vai ser bom para nossos ideais. Estou honrada em acompanhá-lo como nosso indicado do partido como vice-presidente, e fazer o que for possível para torná-lo nosso comandante-chefe”.

Filha do jamaicano Donald Harris e da cientista indiana, Shyamala Gopalan, pesquisadora na área de câncer e ativista de direitos civis, Kamala é advogada e ex-procuradora do distrito de San Francisco e do estado da Califórnia, do que é senadora há três anos.

Ela ganhou projeção nacional ao questionar duramente os indicados por Trump para cargos de juiz da Suprema Corte e de secretário de Justiça, em sabatinas no Senado.

Harris se candidatou à Casa Branca. Chegou a liderar algumas pesquisas dentro do partido Democrata, até desistir de vez da campanha como cabeça de chapa.

Ela é a terceira mulher que disputa a vice-presidência. As duas primeiras, a democrata Geraldine Ferraro e a republicana Sarah Palin, não se elegeram.

Em nota, Obama elogiou a escolha de Kamala: “Ela está mais do que preparada para o cargo. Ela passou sua carreira defendendo nossa Constituição e lutando pelos que precisam de um justo tratamento”.

Já Trump chamou a candidata de escolhida da “esquerda radical” por supostamente ser a favor de mais impostos e da abertura de fronteiras. Em vídeo divulgado nas redes sociais, ele também disse que ela era “falsa” por criticar Biden sobre políticas raciais durante as primárias democratas.

Em coletiva de imprensa, em tom de ironia, o presidente americano disse que Harris foi escolha dele, numa referência aos maus resultados nas primárias, e declarou que ela era mentirosa: “Ela mentiu e disse muitas coisas que não são verdadeiras. Ela quer aumentar impostos, cortar gastos com as Forças Armadas a níveis que ninguém pode acreditar. Ela é a favor de socializar medicamentos, vamos perder nossos médicos e nossas fábricas”, declarou Trump como se estivesse num comício.

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado.