O governo de São Paulo anunciou nesta terça-feira que, pela primeira vez o estado, que é o epicentro nacional do coronavírus, passou a marca... SP bate recorde de mortes por coronavírus em 24h

O governo de São Paulo anunciou nesta terça-feira que, pela primeira vez o estado, que é o epicentro nacional do coronavírus, passou a marca de 400 morte em 24h. Foram exatos 434 óbitos. O recorde acontece no momento em que o governo aponta uma estabilidade na evolução da doença no estado.

O número de mortes desde o começo da pandemia, em março, chegou a 13.068. O número de casos confirmados subiu de 221.973 para 229.475, um aumento de 7.502 infectados em 24h.

A taxa de ocupação de leitos de UTI no estado está em 65%. Número que não preocupa o coordenador-executivo do Centro de Contingência do coronavírus de São Paulo, João Gabbardo. Ele disse que “significa que nós temos entre 33% e 34% dos leitos disponíveis para a população e isso é o que mais importa.” Para Gabbardo, o estado está preparado para atender as pessoas com dificuldade respiratória.

Na capital São Paulo, os hospitais de campanha que atendem casos de menor complexidade estão com taxas de ocupação bem baixas e podem ser desastivados nas próximas semanas.

Já as taxas de isolamento não ultrapassaram os 50% nesta segunda-feira. No estado, foi de 46% e na capital paulista, 47%. Bem longe dos 70% que os epidemiologistas recomendam como indicador saudável de combate à coronavírus

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado.