O principal executivo da multinacional farmacêutica AstraZeneca deu mais detalhes sobre a suspensão dos testes da vacina contra Covid-19 desenvolvida em parceria com a... Voluntária que teve efeito adverso grave com vacina Oxford  já recebeu alta e passa bem

Centro de Pesquisas da AstraZeneca, Cambridge (Reino Unido)

O principal executivo da multinacional farmacêutica AstraZeneca deu mais detalhes sobre a suspensão dos testes da vacina contra Covid-19 desenvolvida em parceria com a Universidade de Oxford (Reino Unido).

O francês Pascal Soriot disse nesta quinta-feira (10), que é uma voluntária que teve uma reação adversa grave ao receber a vacina, e não o placebo, uma substância inócua.

Em conferência fechada com investidores, ele confirmou notícia publicada esta semana pelo The New York Times.

Soriot disse que a vacina desencadeou um problema neurológico conhecido como mielite transversa, mas que a mulher já teve alta e passa bem.

Por precaução, os testes clínicos foram suspensos para que um comitê independente avalie se a doença foi causada pelo produto.

O CE0 da AstraZeneca afirmou que esta foi a segunda vez que os exames foram interrompidos por causa de sintomas neurológicos em voluntários.

Na primeira vez, a conclusão de cientistas independentes foi que o voluntário manifestou esclerose múltipla sem que ela tenha sido efeito da imunização.

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado.